ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella

23 de dezembro de 2020

Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella

RIO – Marcelo Crivella terá que usar tornozeleira eletrônica. Ele foi preso ontem (22) pela manhã, a nove dias de deixar o cargo.

Agência Brasil / Tânia Rêgo

RIO – O prefeito afastado do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), pode deixar o presídio de Benfica, na Zona Norte, a qualquer momento. O presidente do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Humberto Martins, concedeu, na noite passada, o direito à prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica, para a Crivella.

O prefeito foi preso ontem (22) pela manhã, a nove dias de deixar o cargo, acusado de chefiar o chamado “QG da propina” na prefeitura da capital fluminense.

A decisão do presidente do STJ estabelece que Crivella está proibido de manter contato com terceiros e terá que entregar telefones, computadores e tablets às autoridades. O prefeito afastado do Rio também não poderá de sair de casa sem autorização.

Essas medidas valerão até que o ministro Antonio Saldanha Palheiro, relator do habeas corpus impetrado pela defesa, analise o mérito do pedido. A previsão é que essa análise deverá acontecer após o fim das férias forenses.