ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Polícia e MP fazem ação contra suposto esquema de corrupção na prefeitura do Rio

10 de setembro de 2020

Polícia e MP fazem ação contra suposto esquema de corrupção na prefeitura do Rio

Divulgação Prefeitura do Rio / Richard Santos

RIO – A Polícia Civil e o Ministério Público do estado do Rio deflagraram, na manhã de hoje (10), uma operação que investiga uma possível organização criminosa e um esquema de corrupção no âmbito da administração municipal da capital fluminense. Ao todo são 22 mandados de busca e apreensão.

Entre os alvos dos mandados estão o prefeito Marcelo Crivella, o ex-senador Eduardo Lopes e Mauro Macedo, ex-tesoureiro da campanha de Crivella ao Senado.

Agentes estiveram no Palácio da Cidade, em Botafogo, na sede da prefeitura, na Cidade Nova, e no condomínio onde mora o prefeito, na Península, na Barra da Tijuca. Agentes apreenderam um telefone celular do prefeito.

Essa operação de hoje (10) é um desdobramento da operação Hades, que ficou conhecida na mídia como “QG da propina”, um suposto esquema de cobrança de propina para a liberação de pagamentos da prefeitura do Rio de Janeiro.

O advogado de Crivella esteve no apartamento dele e disse que o prefeito estava “tranquilo”, mas não quis gravar entrevista.