ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > PF prende em flagrante deputado federal Daniel Silveira, do PSL do Rio

17 de fevereiro de 2021

PF prende em flagrante deputado federal Daniel Silveira, do PSL do Rio

No vídeo, Daniel Silveira ataca seis ministros do STF. Foto de divulgação da Câmara dos Deputados

RIO – O deputado Daniel Silveira (PSL/RJ) foi preso em flagrante, pela Polícia Federal, após divulgar um vídeo fazendo apologia ao AI-5 e defendendo o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional. O parlamentar foi detido no fim da noite passada em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, passou por exames no IML e seguiu para o prédio da Superintendência da PF, no Centro.  

No vídeo, Daniel Silveira ataca seis ministros do STF, entre eles Alexandre de Moraes, que determinou a prisão do deputado. Moraes destacou que a conduta do parlamentar revela-se ‘gravíssima’, pois atenta contra o estado democrático de direito. A prisão foi no âmbito do inquérito sigiloso que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra ministros do Supremo e seus familiares.

A prisão de Daniel Silveira não é um procedimento comum. Conforme previsto na Constituição, em caso de prisão de deputado em flagrante por crime inafiançável, o processo deverá ser enviado dentro de 24 horas para a Câmara, a quem caberá resolver sobre a situação do parlamentar.

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, afirmou que o partido está “tomando todas as medidas jurídicas cabíveis” para a expulsão do deputado Daniel Silveira da legenda. Em nota, Bivar afirmou que a executiva nacional do PSL “repudia com veemência os ataques proferidos” por Silveira.