ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > PF prende em flagrante deputado federal Daniel Silveira, do PSL do Rio

17 de fevereiro de 2021

PF prende em flagrante deputado federal Daniel Silveira, do PSL do Rio

RIO – Parlamentar fez vídeo com apologia ao AI-5 e ataques contra ministros do STF.

No vídeo, Daniel Silveira ataca seis ministros do STF. Foto de divulgação da Câmara dos Deputados

RIO – O deputado Daniel Silveira (PSL/RJ) foi preso em flagrante, pela Polícia Federal, após divulgar um vídeo fazendo apologia ao AI-5 e defendendo o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional. O parlamentar foi detido no fim da noite passada em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, passou por exames no IML e seguiu para o prédio da Superintendência da PF, no Centro.  

No vídeo, Daniel Silveira ataca seis ministros do STF, entre eles Alexandre de Moraes, que determinou a prisão do deputado. Moraes destacou que a conduta do parlamentar revela-se ‘gravíssima’, pois atenta contra o estado democrático de direito. A prisão foi no âmbito do inquérito sigiloso que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra ministros do Supremo e seus familiares.

A prisão de Daniel Silveira não é um procedimento comum. Conforme previsto na Constituição, em caso de prisão de deputado em flagrante por crime inafiançável, o processo deverá ser enviado dentro de 24 horas para a Câmara, a quem caberá resolver sobre a situação do parlamentar.

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, afirmou que o partido está “tomando todas as medidas jurídicas cabíveis” para a expulsão do deputado Daniel Silveira da legenda. Em nota, Bivar afirmou que a executiva nacional do PSL “repudia com veemência os ataques proferidos” por Silveira.