ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça rejeita pedido de Witzel para voltar a morar no Palácio Laranjeiras

13 de novembro de 2020

Justiça rejeita pedido de Witzel para voltar a morar no Palácio Laranjeiras

Antonio Cruz/Agência Brasil

RIO – A Justiça rejeitou o mandado de segurança do governador afastado do Rio, Wilson Witzel, em que ele  pedia para voltar a morar no Palácio Laranjeiras.

A defesa alegava risco para a segurança de Witzel e sua família na casa  onde voltaram a morar, no Grajaú. Mas o desembargador  Antônio Barros Bastos,  do Órgão Especial do Tribunal de Justiça, considerou que o Palácio Laranjeiras se destina à moradia de quem chefia o Poder Executivo.

 Segundo Bastos, como Witzel está afastado das funções de governador, ele não pode usar o imóvel, porque estaria fazendo uso gratuito de um bem público.

A desocupação do Palácio Laranjeiras foi uma decisão do Tribunal Especial Misto que trata do processo de impeachment do Witzel. Ele e a família retornaram à casa do Grajaú na última segunda-feira (9).