ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Empresário é preso no Rio suspeito de fraudar compra de respiradores pelo governo do estado

13 de maio de 2020

Empresário é preso no Rio suspeito de fraudar compra de respiradores pelo governo do estado

RIO – Essa ação de hoje (13) é mais uma etapa da operação Mercadores do Caos, que prendeu, semana passada, o ex-subsecretário de Saúde do Rio Gabriell Neves.

Os respiradores são considerados essenciais para leitos de UTI que atende pacientes infectados pelo novo coronavírus. Agência Brasil

RIO – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e a Polícia Civil cumpriram hoje (13), em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, um mandado de prisão preventiva contra o empresário Maurício Fontoura, controlador da empresa ARC Fontoura. Ele é suspeito de integrar uma organização criminosa que fraudou a compra de mil respiradores pulmonares pelo governo estadual.

As investigações apontam que o governo comprou mil respiradores, mas só recebeu 52 desses equipamentos considerados essenciais para leitos de UTI que atende pacientes infectados pelo novo coronavírus.

A empresa ARC Fontoura é uma das investigadas no esquema de contratos irregulares, sem licitação, no total de R$ 183,5 milhões. Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão em Piraí, município do Sul Fluminense, num dos endereços ligados a Mauricio Fontoura.

Essa ação de hoje (13) é mais uma etapa da operação Mercadores do Caos, deflagrada na semana passada e que prendeu ex-subsecretário de Saúde do Rio de Janeiro Gabriell Neves, como suspeito de integrar a organização criminosa.

Com essa etapa deflagrada nesta quarta-feira (13), subiu para cinco o total de presos na operação.