ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Contraventor Fernando Iggnácio é assassinado em heliporto no Rio

10 de novembro de 2020

Contraventor Fernando Iggnácio é assassinado em heliporto no Rio

RIO – Genro do falecido bicheiro Castor de Andrade voltava de Angra dos Reis quando foi atacado.

Reprodução Polícia Civil

RIO – A Polícia do Rio investiga o assassinato do contraventor Fernando Iggnácio Miranda, ocorrido no início da tarde desta terça-feira (10), num heliporto no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. A Delegacia de Homicídios da Capital ainda não antecipou informações sobre as linhas de investigação ou possíveis suspeitos do assassinato.

Fernando Iggnácio voltava de Angra dos Reis, no Sul fluminense quando foi alvo do ataque. Ele era genro do falecido bicheiro Castor de Andrade.

Durante décadas, Fernando Iggnácio travou uma luta pela herança de Castor. Desde a morte do bicheiro, em 1997, o filho de Castor, Paulo Roberto, o sobrinho, Rogério de Andrade, e o genro travaram uma sangrenta batalha pelo espólio da contravenção, principalmente o das máquinas de caça-níquel. Paulo

Roberto foi assassinado em 1998, e Rogério de Andrade sofreu diversos atentados nas últimas duas décadas.