Zagueiro Neto, o último brasileiro sobrevivente da tragédia da Chapecoense, já está no Brasil

Foto: Reprodução Sportv

Foto: Reprodução Sportv

CHAPECÓ – O último sobrevivente brasileiro da tragédia da Chapecoense voltou para o Brasil para continuar o tratamento no país. O zagueiro Neto desembarcou ontem à noite em Chapecó, em Santa Catarina. O jogador foi recebido com gritos de “o campeão voltou” e levado para o hospital da região central da cidade, onde estão internados o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel, que, por sinal, tem previsão de alta para esta sexta-feira, quando termina o tratamento com antibiótico. Ontem à noite, Ruschel postou uma mensagem numa rede social pela primeira vez após a tragédia. “Os planos de Deus são maiores que os meus, tão grande que eu não posso imaginar. Obrigado a todos pelo carinho, pela força, pelas orações e pensamentos positivos. Seguimos na luta e honraremos aqueles que foram morar com Deus. Pai, peço que ampare seus familiares e que os conforte! Deus, obrigado pela misericórdia deste milagre, o Senhor é maravilhoso. Obrigado!”, escreveu no Instragram.

E como forma de eternizar as 71 vítimas fatais do acidente com o avião do time catarinense, o município de La Unión, na Colômbia, mudou o nome da montanha em que a aeronave da LaMia se chocou. A região conhecida como “Cerro El Gordo” passará, a partir de agora, a se chamar Cerro Chapecoense.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1