Tribunal de Justiça de São Paulo pede a prisão do ex-goleiro Edinho, filho de Pelé

Foto: Edinho foi preso em 2005. Reprodução TV

Foto: Edinho foi preso em 2005. Reprodução TV

SÃO PAULO – O Tribunal de Justiça do estado de São Paulo julgou o recurso de apelação do ex-goleiro do Santos Futebol Clube e filho de Pelé, Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, pelo crime de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. O órgão condenou Edinho e reduziu a pena de 33 anos e 4 meses de prisão para 12 anos e 10 meses em regime fechado. Edinho estava esperando o julgamento da apelação em liberdade. Assim que for publicado o mandado de prisão, o filho de Pelé deverá ser preso. Essa seria a quarta prisão do ex-goleiro pelo mesmo processo. Os outros envolvidos no processo também tiveram penas reduzidas. Edinho foi preso com outras 17 pessoas pela Operação Indra em junho de 2005, realizada pelo Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), acusado de ligação com uma organização de tráfico de drogas comandada por Naldinho, o Ronaldo Duarte Barsotti, na Baixada Santista.