Treze mil beneficiários do bolsa família que fizeram doações eleitorais serão recadastrados

lg-3b60cc5d-830e-4e52-8e1f-71532cd71059

BRASÍLIA – O governo está convocando, para recadastramento, 13 mil beneficiários do Bolsa Família que tiveram os repasses bloqueados em outubro por suspeita de irregularidades em doações eleitorais. A convocação é feita por mensagem no extrato de pagamento. Esses beneficiários terão seis meses para fazer a atualização cadastral. Para isso, precisarão apresentar o comprovante de doação eleitoral e a documentação de todos os integrantes da família. O governo avisou que, se nesse prazo eles não procurarem o setor responsável pelo Bolsa Família, o benefício será cancelado.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1