Temer pede a Janot que acelere investigação sobre delações

temer

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer enviou pedido ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o Ministério Público investigue com celeridade as delações em curso. Na mesma mensagem ao procurador, o presidente pede que as colaborações premiadas porventura existentes sejam finalizadas o quanto antes e remetidas ao juízo competente para análise e eventual homologação. Temer argumenta que o ajuste fiscal do governo vem sofrendo interferência por divulgações de colaborações premiadas que o presidente chama de ilegítimas. Temer foi citado 43 vezes em delação premiada do ex-diretor da Odebrecht, Cláudio Melo Filho. O documento enviado à Procuradoria-Geral da República é assinado por Michel Temer e pela advogada-geral da União, Grace Mendonça.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1