Temer chama de “acidente” o que aconteceu em penitenciária de Manaus e depois teve que se explicar

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer utilizou o perfil dele no Twitter para justificar o uso da palavra “acidente” ao descrever a rebelião que aconteceu no Complexo Penitenciário de Anísio Jobim, em Manaus, que deixou 56 presos mortos. Temer, que definiu o caso como “acidente pavoroso” escreveu no microblog: “Sinônimos da palavra ‘acidente’: tragédia, perda, desastre, desgraça, fatalidade”, publicou o presidente na rede social”. A expressão “acidente pavoroso”, usada pelo presidente, gerou reações negativas nas redes sociais. nas críticas, muitos consideraram que não se tratou de algo fortuito, mas de uma tragédia anunciada e que poderia ter sido evitada.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1