STJ nega liberdade a Eduardo Cunha

Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

BRASÍLIA – O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha, do PMDB, teve mais um pedido de habeas corpus negado. Desta vez, pela 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Cunha está preso desde outubro do ano passado em Curitiba. O pedido de liberdade foi feito pela defesa do ex-parlamentar no processo da Operação Lava Jato em que ele é réu acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Na ação, Eduardo Cunha é suspeito de ter recebido pelo menos US$ 1,5 milhão em contas na Suíça para que facilitasse a compra de um campo de petróleo pela Petrobras, em Benin, na África. Os ministros do STJ consideraram que os indícios de crime imputados a Cunha justificam a decisão de mantê-lo preso.