STF marca para 1º de dezembro julgamento de denúncia contra Renan Calheiros

Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) conduz a análise de cinco projetos de resolução autorizando operações de crédito de estados e União com instituições financeiras internacionais

Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) conduz a análise de cinco projetos de resolução autorizando operações de crédito de estados e União com instituições financeiras internacionais

BRASÍLIA – A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, marcou para primeiro de dezembro o julgamento da denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República contra Renan Calheiros. O presidente do Senado é acusado pelo Ministério Público de ter tido as despesas de uma filha com a jornalista Mônica Veloso bancadas por uma empreiteira. No julgamento da denúncia, o plenário do STF terá de decidir se abre ou não ação penal. Se optar pela abertura, o presidente do Senado passará a ser réu. A denúncia foi feita pela Procuradoria-Geral da República há mais de três anos e meio.

foto: Agência Brasil

foto: Agência Brasil

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1