STF concede liberdade ao goleiro Bruno

Foto: Goleiro Bruno está preso desde 2010. Divulgação TJ/MG

Foto: Goleiro Bruno está preso desde 2010. Divulgação TJ/MG

BELO HORIZONTE – Uma liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liberdade ao goleiro Bruno. O ex-jogador do Flamengo cumpre pena na Associação de Proteção e Assistência ao condenado, em Minas Gerais, pela morte e ocultação do cadáver da ex-namorada Eliza Samudio, em 2010. Segundo a assessoria do STF, o ministro entendeu que o goleiro tem direito a responder em liberdade enquanto aguarda o resultado dos recursos à condenação. Bruno Fernandes foi condenado pela justiça de Minas Gerais a 22 anos e 3 meses de prisão, e segundo o advogado dele, Lúcio Adolfo, o jogador deve deixar a cadeia ainda nesta sexta-feira (24).