Situação de Neto é a mais delicada entre os sobreviventes brasileiros do acidente aéreo com o time da Chapecoense

Foto: Site Chapecoense

Foto: Site Chapecoense

RIO (Agências Internacionais) – O fim de semana foi marcado por diversas homenagens à Chapecoense pelos gramados do mundo todo. O time foi lembrado em jogos em vários países, como Itália, Argentina, Espanha, Inglaterra, Portugal e Alemanha. E a notícia é animadora sobre os quatro brasileiros que sobreviveram ao acidente com o avião que levava o time catarinense e terminou com a morte de 71 pessoas, na Colômbia. O goleiro Jackson Follmann, que teve parte da perna direita amputada, evolui a cada dia tanto que gravou um áudio tranquilizando a todos sobre seu estado de saúde e prometendo melhora em breve. O lateral Alan Ruschel vem conversando bastante com os médicos e familiares, e já até fez um pedido inusitado: quer fazer uma churrasco na sexta-feira que vem pois está “com vontade de comer carne”. Já o zagueiro Neto é o único que ainda continua com ventilação mecânica e sedado. O quadro dele era muito parecido com o de Ruschel, mas, por ter ficado mais tempo nos escombros e ter sido o último a ser resgatado, a sua situação dele é mais delicada. E o quarto brasileiro sobrevivente, o jornalista Rafael Henzel, também segue num quadro clínico delicado, mas está consciente e conversando.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1