Sérgio Cabral é denunciado por mais 148 crimes de lavagem de dinheiro

Imagem: Agência Brasil

Imagem: Agência Brasil

Rio- o ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi denunciado pelo Ministério Público Federal por mais 148 crimes de lavagem de dinheiro. Cabral já tinha sido denunciado por 184 crimes dessa mesma natureza. Se a denúncia de hoje for aceita, serão 332 crimes apenas de lavagem de dinheiro em duas denúncias. Também foram denunciados Ary Filho, ex-assessor de Cabral, e Carlos Miranda, um dos operadores financeiros do ex-governador. O juiz Marcelo Bretas, da 7° Vara Federal Criminal, analisa a denúncia. Se o magistrado aceitar o parecer dos procuradores, o ex-governador se tornará réu pela quinta vez. São quatro processos na Justiça Federal, no Rio, e um na 13° vara Federal Criminal de Curitiba com o juiz Sérgio Moro. Em depoimento por videoconferência nesta terça-feira, Cabral admitiu que fez uso particular de helicópteros do governo do estado para viagens a Mangaratiba, onde tem uma casa. O ex-governador é réu numa ação popular que apura se houve excessos na utilização das aeronaves durante seu mandato.