Senado desafia ordem do STF e mantém Renan Calheiros na presidência da Casa

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – Um ato da Mesa Diretora do Senado, presidida por Renan Calheiros, determinou o descumprimento da decisão judicial do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, que obrigava Renan a se afastar imediatamente da presidência da Casa. De acordo com o texto, divulgado na tarde hoje, o Senado vai aguardar a decisão do plenário do STF, prevista para amanhã sobre a manutenção ou não da liminar do ministro. Logo após a divulgação da nota, Renan Calheiros deu uma curta entrevista coletiva e fez duas críticas ao ministro Marco Aurélio, afirmando que a democracia não “merece esse fim”. Há informações que, nos bastidores, o primeiro vice-presidente do Senado, Jorge Viana, do PT, estava ao lado de Renan na reação e havia afirmado a colegas que não aceitaria assumir a presidência do Senado na situação atual. O STF ainda não se pronunciou sobre o assunto.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1