Seis macacos são encontrados mortos no Noroeste do estado do Rio

Foto divulgada pela 
Secretaria de Saúde de Laje do Muriaé

Foto divulgada pela Secretaria de Saúde de Laje do Muriaé

RIO – Seis macacos da espécie barbudo foram encontrados mortos em Laje do Muriaé, no Noroeste do Estado do Rio. Segundo a Secretaria de Saúde do município, os animais estavam em área de mata fechada, em uma propriedade particular a dois quilômetros da cidade. Apenas metade estava em condições de análise. Com isso, três macacos foram levados para análise na Fiocruz, em Manguinhos, para saber se eles foram vítimas da febre amarela. O secretário municipal de saúde, Rodolfo Almeida, ressaltou que Laje do Muriaé não registrou nenhum caso suspeito da doença até o momento. No fim de semana, um outro macaco, dessa vez um sagui, foi encontrado morto perto da entrada de um sítio no bairro Taquara, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O sagui foi levado para o Instituto de Veterinária Jorge Vaitsman, no bairro da Mangueira, para análise e verificação da causa da morte. O resultado desse exame deve sair entre sete e dez dias. Os moradores do sítio foram vacinados contra febre amarela.