Repelentes para grávidas carentes não têm data para serem entregues pelo governo federal

Foto: Agência Brasil / Juca Varella

Foto: Agência Brasil / Juca Varella

BRASÍLIA – A distribuição de repelentes a gestantes carentes não tem data para começar. O governo federal previa entregar neste mês repelentes para as 484 mil gestantes inscritas no programa Bolsa Família. O pregão eletrônico já está em andamento, mas o ministro da Saúde, Ricardo Barros, atribuiu à “burocracia” o atraso na entrega do produto, que deve ocorrer no meio do verão, período crítico de infestação do Aedes aegypti, que transmite dengue, chicungunha e zika. O processo de compra dos repelentes está atualmente na fase de apresentação de recursos administrativos contra a empresa vencedora do pregão eletrônico.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1