PF acha indícios de compras de quase R$ 4 milhões em nome de motorista de Cabral em joalheria no Rio

Foto: Agência Brasil / Tomaz |Silva

Foto: Agência Brasil / Tomaz |Silva

RIO – A Polícia Federal encontrou em duas filiais da joalheria Antônio Bernardo, na Zona Sul do Rio, indícios de compras de quase R$ 4 milhões, desde 2007, no nome de um motorista do ex-governador Sérgio Cabral. De acordo com funcionários, as compras eram feitas pelo próprio Cabral, usando nome do motorista. A polícia recolheu documentos e material com imagens das joalherias. O nome da ex-primeira dama, Adriana Ancelmo, também está na lista de compradores da mesma joalheria.   Sérgio Cabral está preso suspeito de comandar uma organização criminosa que recebeu mais de R$ 220 milhões em propinas para a concessão de obras públicas.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1