Palocci depõe ao juiz Sérgio Moro e oferece nomes e operações para mais um ano de trabalho da Lava Jato

CURITIBA – O ex-ministro Antonio Palocci prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro e se colocou à disposição da Justiça para apresentar fatos com nomes, endereços e operações sob investigação da Lava Jato para, segundo o petista, mais um ano de trabalho. Palocci foi interrogado na ação em que é acusado de agir no governo em favor da Odebrecht entre 2006 e o fim de 2013. Alvo da 35ª fase da Lava Jato, deflagrada em setembro do ano passado, o ex-ministro está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Palocci também é réu em outro processo que apura se a Odebrecht pagou propina na compra do terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e do apartamento vizinho ao do ex-presidente em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.