Novos prefeitos de cidades do Rio anunciam estado de calamidade pública e financeira

MESQUITA – Os prefeitos de pelo menos seis municípios da região metropolitana do Rio relataram problemas sérios neste início de governo. Três deles decretaram estado de calamidade pública e financeira: Mesquita, São Gonçalo e Nova Iguaçu. O novo prefeito de Mesquita, Jorge Miranda, encontrou a prefeitura depredada e sem internet e impressoras. Ele decretou estado de calamidade pública nas áreas da saúde e da limpeza urbana. Em São Gonçalo, o prefeito José Luiz Nanci contou que assumiu a prefeitura sem luz e conseguiu religar a energia após reunião com representantes da concessionária de energia. Já em Nova Iguaçu, Rogério Lisboa disse que vai devolver prédios alugados pela antiga administração como o que era usado como gabinete pelo ex-prefeito, Nelson Burnier. De acordo com um levantamento feito pela nova administração do município, a cidade gasta R$ 6 milhões por ano com imóveis alugados.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1