Morte de turista italiano no Rio ganha repercussão internacional

Os primos Roberto Bardella e Rino Polato faziam um tour de moto por países da América do Sul / Foto: Reprodução Facebook

Os primos Roberto Bardella e Rino Polato faziam um tour de moto por países da América do Sul / Foto: Reprodução Facebook

RIO – Diversos jornais da Itália lamentaram o caso do turista italiano Roberto Bardella, de 52 anos, que foi morto no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, na região central do Rio. Roberto e o primo Rino Polato, de 59 anos, visitaram o Cristo Redentor e estavam a caminho da praia quando entraram por engano na favela. Os dois faziam um tour de moto por países da América do Sul e já tinham passado pelo Paraguai e Argentina. Mesmo abalado, Rino Polato já prestou depoimento e identificou sete suspeitos. Os dois primos tinham câmeras nos capacetes e, segundo a polícia, podem ter sido confundidos com policiais. A vítima foi morta com um tiro na cabeça logo depois da abordagem, e as câmeras e outros pertences dos italianos foram roubados. Além dos jornais italianos, outros veículos de comunicação internacionais deram destaque à morte do turista Roberto Bardella no Rio, entre eles o El País, da Espanha, o Daily Mail, do Reino Unido, e as agências de notícias Reuters e Associated Press.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1