Moro autoriza prisão domiciliar para Youssef a partir de 17 de novembro

alberto-yussef

CURITIBA – O doleiro Alberto Youssef vai cumprir prisão domiciliar a partir do dia 17 de novembro. Neste dia, serão completados dois anos e oito meses da prisão do doleiro, que está detido no complexo médico-penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O doleiro condenado na Lava Jato fez acordo de delação premiada, e o juiz federal Sérgio Moro determinou uma série de regras para Youssef cumprir a prisão domiciliar. Ele ficará com tornozeleira eletrônica e terá direito a usar celular para ligações de emergência e para pessoas previamente liberadas para visitá-lo em casa. Moro também autorizou que Youssef possa sair do apartamento onde ficará para ir até a academia do condomínio realizar sessões de fisioterapia. Se não tivesse feito o acordo de delação premiada, Alberto Youssef já teria somado penas que chegam a 121 anos e 11 meses de prisão, apenas na Operação Lava Jato.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1