Ministro da Justiça diz que Brasil prende muito, mas prende mal

2109981690-secretario-de-seguranca-publica-alexandre-de-moraes-div

BRASÍLIA – O Estado brasileiro prende muito, mas prende mal. Foi o que afirmou o ministro da Justiça, ao defender mudanças na lei de execuções penais para desafogar o sistema prisional do país. Alexandre de Moraes quer punições mais severas para crimes graves e mais brandas para delitos sem violência ou grave ameaça. As declarações do ministro foram dadas depois de uma reunião que ele teve com a bancada do PSDB no Senado.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1