Ministra do TSE nega liberdade ao ex-governador do Rio Anthony Garotinho

Agência Brasil

Agência Brasil

 

BRASÍLIA/RIO – A ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou o pedido de liberdade movido pela defesa do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, preso pela Polícia Federal. O ex-governador foi detido ontem por suspeita de envolvimento com um esquema de compra de votos através do programa social “cheque cidadão”. Horas depois de ser preso, Garotinho foi levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Advogados do ex-governador disseram que ele tem pressão alta e passou mal quando ia ser transferido para Campos, no Norte Fluminense. A mulher do ex-governador, Rosinha Garotinho, foi ao hospital na madrugada de hoje, mas não falou com a imprensa.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1