Médicos avaliam se Garotinho vai precisar de cateterismo

Garotinho

RIO – A Polícia Federal rejeitou o pedido da defesa de Anthony Garotinho para que o ex-governador do Rio fosse transferido do Hospital Souza Aguiar, no Centro, para o da Unimed, na Barra da Tijuca. Preso na quarta-feira sob acusação de envolvimento num esquema de compra de votos por meio do programa social “cheque cidadão”, Garotinho passou a noite no Souza Aguiar depois de se sentir mal, no fim da tarde. O ex-governador tem pressão alta e fez vários exames. Os médicos vão avaliar se será necessário ou não submeter Garotinho a um cateterismo. Há informações de que ele teria sentido dores no peito durante um teste de esforço, o que, de acordo com os médicos, pode indicar uma possível obstrução em alguma artéria.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1