Médico legista confirma que George Michael morreu de causas naturais

georgemichael-2

George Michael faleceu em dezembro de 2016 por causas naturais, problemas cardíacos e hepáticos, segundo o médico legista, Darren Salter. O médico disse em um comunicado oficial, que as investigações sobre a morte do artista foram concluídas, e um relatório final foi entregue as autoridades. O relatório diz que, como há uma causa natural confirmada (cardiomiopatia dilatada com miocardite e fígado gorduroso), a investigação foi encerrada e não tem necessidade de outras investigações.

George Michael morreu aos 53 anos, no dia no natal, dezembro de 2016. Os médicos que fizeram o atendimento no local disseram que não havia circunstâncias suspeitas relacionadas à morte do cantor. Entretanto, as causas ainda não haviam sido reveladas. Uma necropsia realizada quatro dias após a morte não obteve resultados conclusivos. Ainda não houve funeral em homenagem a George.