Marqueteiros confirmam a Sérgio Moro caixa 2 intermediado por Palocci para campanhas do PT

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

CURITIBA – O marqueteiro João Santana e a mulher dele e sócia, Mônica Moura, confirmaram ao juiz Sérgio Moro a interlocução com o ex-ministro Antonio Palocci para pagamentos de caixa 2 nas campanhas do PT. Mônica revelou que negociou com o ex-ministro os valores não contabilizados a serem pagos na reeleição de Lula, em 2006, e na eleição de Dilma Rousseff em 2010. Segundo a marqueteira, Palocci pedia que os pagamentos feitos “por fora” fossem realizados pela Odebrecht. Moura contou também que procurava Palocci quando os repasses de caixa 2 demoravam a ser feitos pela Odebrecht. João Santana e Mônica são réus junto com Palocci e o empreiteiro Marcelo Odebrecht numa ação penal que investiga a atuação do então ministro em decisões de governo para favorecer a empresa. Na denúncia, o Ministério Público diz que o casal teria recebido recursos de caixa 2 da empreiteira para campanhas eleitorais do PT.