Lula processa promotor que pediu sua prisão e pede R$ 1 milhão de indenização

Foto: Agência Brasil / Fabio Rodrigues Pozzebom

Foto: Agência Brasil / Fabio Rodrigues Pozzebom

SÃO PAULO – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingressou com uma ação de danos morais de R$ 1 milhão contra o promotor de justiça Cassio Roberto Conserino, do Ministério Público do estado de São Paulo. Os advogados de Lula pedem a indenização devido a supostos danos atribuídos à imagem do ex-presidente. No ano passado, Conserino pediu à justiça a decretação da prisão de Lula no âmbito das investigações da operação Lava-Jato sobre o triplex no Guarujá. O promotor acusava o ex-presidente de ocultação de patrimônio e falsidade ideológica no caso que envolve a propriedade do apartamento. O processo foi apresentado depois que Conserino compartilhou no Facebook publicação que chamava lula de “Encantador de burros”.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1