Justiça eleitoral cria lei que impede, a partir de hoje, prisão de eleitor

f72b52813b4f4396a3fd62c5f4087eed_949

BRASÍLIA – A partir de hoje, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, exceto em flagrante delito, por sentença condenatória decorrente de crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto. A regra da Justiça Eleitoral entra em vigor cinco dias antes das eleições municipais e permanece em vigência até 48 horas depois do fim da votação.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1