Policial é preso suspeito de matar a própria irmã no Rio

logo-jbfm-rio-de-janeiro

RIO – Um policial civil foi preso suspeito de matar a própria irmã a tiros após uma briga dentro de casa no Humaitá, na Zona Sul do Rio. O desentendimento teria sido motivado por uma briga envolvendo o inventário de uma casa da família. Após a discussão sobre o imóvel, Fernando Rogério de Souza Melo pegou uma das armas que coleciona e começou a atirar. Glória Fabiane, que também era policial, chegou a ser levada para o Hospital Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. Fernando foi autuado por homicídio e depois levado para o Instituto Pinel para tratar de supostos problemas mentais.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1