Justiça do Rio manda desbloquear contas do prefeito Eduardo Paes

Foto: Tania Rego

Foto: Tania Rego

RIO – O Tribunal de Justiça do Rio mandou desbloquear as contas do prefeito do Rio. Eduardo Paes estava com os bens bloqueados desde o início do mês por causa de uma acusação de improbidade administrativa, referente à construção do campo de golfe, na Barra da Tijuca. De acordo com o Ministério Público, a empresa responsável pela obra, a Fiori Empreendimentos Imobiliários teria deixado de pagar R$ 1,8 bilhão em licenças ambientais. O prefeito Eduardo Paes recorreu da ação e apresentou certidões que comprovam que não houve isenção fiscal para a empresa. Com isso, o Tribunal de Justiça entendeu que não houve danos aos cofres públicos. O valor de bens que chegaram a ser bloqueados de Eduardo Paes era de R$ 181 mil.