Justiça do Rio determina arresto diário do governo para custeio do hospital da Uerj

Foto de divulgação

Foto de divulgação

RIO – A justiça determinou que sejam feitos arrestos diários nas contas do governo do rio até o valor de R$ 7,5 para o pagamento de custeio do Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel. O hospital é da Uerj. O arresto foi feito sob o argumento de evitar a paralisação da unidade. Segundo a coordenadora de Saúde e Tutela Coletiva da Defensoria Pública, Thaisa Guerreiro, esse valor foi solicitado para pagamento de funcionários terceirizados e fornecedores para assim garantir a realização de serviços como limpeza e manutenção. A defensora explicou que a medida não inclui o pagamento do salário dos servidores que trabalham no Hospital Pedro Ernesto.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1