Justiça decreta a prisão preventiva de 30 torcedores do Corinthians

img_6003

RIO – A coordenadora da Central de Audiência de Custódia do Tribunal de Justiça do Rio, juíza Marcela Caran, decretou a prisão preventiva de 30 torcedores do Corinthians detidos em flagrante no domingo por tumulto antes da partida contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. A juíza disse que a decisão se baseou nas imagens do flagrante e se justifica pela violência empregada contra os policiais. O processo será encaminhado para o Juizado do Torcedor, que vai decidir se mantém ou revoga a medida. Os integrantes do grupo foram enquadrados por crimes de lesão corporal, dano qualificado, tumulto em locais de jogos, resistência qualificada e associação criminosa. Um dos torcedores, por ser menor de idade, foi encaminhado à Vara da Infância e Juventude.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1