Justiça decide manter presos 14 torcedores do Corinthians que brigaram no Maracanã

naom_580e25c6106dd

RIO – A Justiça indeferiu o pedido de revogação da prisão preventiva de 14 integrantes de torcidas organizadas do Corinthians detidos após uma briga com policiais militares nas arquibancadas do Maracanã. A decisão foi do juiz Marco José Mattos Couto, do Tribunal de Justiça do Rio. A briga aconteceu durante um jogo entre Flamengo e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1