Juiz Sérgio Moro grita com advogado de Lula em nova discussão durante audiência

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Rio – O juiz Sérgio Moro e a defesa do ex-presidente Lula voltaram a bater boca em audiência de testemunhas no processo em que o petista é acusado na operação Lava-Jato. No ápice da discussão, o juiz gritou com o advogado Juarez Cirino dos Santos. O debate ocorreu por causa de uma pergunta do procurador Paulo Roberto Galvão de Carvalho à testemunha Mariuza Aparecida da Silva Marques. Ela é engenheira civil da OAS e trabalhou no triplex cuja propriedade o Ministério Público Federal atribui a lula como forma de pagamento de vantagens indevidas da empreiteira ao ex-presidente. O juiz Sérgio Moro rejeitou um protesto da defesa e pediu que não fossem feitas novas intervenções. Após o procurador repetir a pergunta, o advogado Juarez Cirino do Santos voltou a protestar e moro afirmou que ele estava sendo inconveniente. Cirino retrucou e o juiz levantou a voz. Sérgio Moro gritou que Juarez estava sendo inconveniente, avisou que a questão já tinha sido indeferida e mandou que o advogado respeitasse o juízo. Esta não é a primeira vez que Sérgio Moro e advogados de Lula discutem durante as audiências. Desde os primeiros depoimentos, a defesa do ex-presidente tem feito uma série de protestos contra as perguntas dos procuradores, além de acusá-los de induzir as testemunhas.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1