Temer disse que poderia ajudar Eduardo Cunha no STF com um ou dois ministros, revela dono da JBS

Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

BRASÍLIA – O empresário Joesley Batista afirmou em delação premiada que ouviu, em conversa com Michel Temer, o presidente dizer que poderia “ajudar” o deputado cassado Eduardo Cunha junto a um ou dois ministros do Supremo Tribunal Federal, mas que com 11 não dava. A afirmação do dono da JBS está em um dos vídeos dos depoimentos dados pelo empresário à Procuradoria-Geral da República, tornados públicos nesta sexta-feira, 19/05, pelo STF. Joesley Batista contou que, ao ouvir o que Temer disse, ficou calado. O empresário disse, no depoimento, que não sabia como o presidente poderia ajudar Eduardo Cunha.