Sérgio Cabral vira réu pela 8ª vez na Lava Jato

RIO – O ex-governador do Rio Sérgio Cabral virou réu pela oitava vez na Operação Lava Jato. O juiz Marcelo Bretas, da Sétima Vara Federal Criminal do Rio, aceitou nova denúncia do Ministério Público Federal contra Cabral. Além dele, tornam-se réus o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes e mais cincos acusados. De acordo com a denúncia, Côrtes foi escolhido pelo ex-governador para continuar com o esquema de propinas na área da saúde que existia no Instituto Nacional de Traumato-Ortopedia. Os acusados vão responder por corrupção passiva e ativa e também organização criminosa. Segundo a força-tarefa da Lava Jato no Rio, eles pagaram ou receberam propina para fraudar contratos da área. Em nota, a assessoria de Sérgio Cabral informou que não teve acesso à nova denúncia e que vai se manifestar nos próprios autos do processo.