Cidade do Rio entra em estágio de atenção por causa de ônibus incendiados na Avenida Brasil e na rodovia Washington Luiz

Foto do Centro de Operações Rio de ônibus pegando fogo na Avenida Brasil na altura do Parque das Missões

Foto do Centro de Operações Rio de ônibus pegando fogo na Avenida Brasil na altura do Parque das Missões

RIO – A prefeitura do Rio informou, por volta das 11h de hoje (2) que a cidade entrou em “estágio de atenção” por causa de ônibus incendiados por bandidos em diferentes pontos do Rio. De acordo com as primeiras informações, oito ônibus e um caminhão foram incendiados por pessoas mascaradas. Três dos coletivos pegaram fogo na Avenida Brasil, três ônibus foram incendiados na Rodovia Washington Luiz, na altura da Cidade Alta, e outros na Rua Bulhões Marcial e na Rua Itabira. Há relatos também de incêndios na rua Itabira, em Cordovil. O porta-voz da PM, major Ivaz Blatz, disse que esses incêndios foram feitos por bandidos com o objetivo de mobilizar a polícia para estas regiões e abrir espaço para fuga de criminosos que estão encurralados na Cidade Alta. Moradores da comunidade relatam intensos tiroteios e até explosões de granadas desde o início da madrugada. De acordo com a PM, 26 suspeitos já foram presos e 17 fuzis foram apreendidos na Cidade Alta em operação policial. Os incêndios em ônibus provocam pânico entre os motoristas que estavam passando na Avenida Brasil e na Rodovia Washington Luis, além de grandes engarrafamentos. Por volta das 11h o congestionamento atingiu 66 quilômetros, o equivalente a uma viagem entre o Rio e Maricá. Algumas pessoas relataram que viram bandidos fazendo arrastão nos engarrafamentos provocados pelos incêndios e interdições. O “estágio de atenção” numa cidade é o segundo nível em uma escala de três e significa que um ou mais incidentes impactam, no mínimo, uma região, provocando reflexos relevantes na mobilidade das pessoas.