Vítimas do acidente com carro alegórico da Unidos da Tijuca ingressam com ações na justiça

Imagem: Carlos Eduardo Cardoso / JBFM

Imagem: Carlos Eduardo Cardoso / JBFM

Três vítimas do acidente com um carro alegórico da unidos da Tijuca no Carnaval deste ano ingressaram com ações na justiça por danos morais e materiais. Em um dos processos, o juiz Rafael Cavalcante Cruz, da 52ª Vara Cível do Rio, concedeu liminar obrigando a escola de samba a custear 20 sessões de fisioterapia para a bailarina Joana Araújo Martins, conforme prescrição médica. O magistrado destaca que a demora no atendimento pode prejudicar a recuperação da vítima, que depende do restabelecimento para poder voltar a trabalhar. Em caso de descumprimento, foi estipulada multa de R$ 300 por dia. A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) também é ré neste processo.