Manifestações de familiares em batalhões da PM não afeta o policiamento no estado do Rio

Rio de Janeiro - Protestos de familiares de policiais militares impedem a saída de viaturas em batalhões da região metropolitana do Rio de Janeiro. (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Rio de Janeiro - Protestos de familiares de policiais militares impedem a saída de viaturas em batalhões da região metropolitana do Rio de Janeiro. (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Apesar da mobilização de parentes dos policiais militares em frente a batalhões do Estado do Rio, não há o registro de ocorrências graves e os serviços públicos não são afetados. Segundo o comando da corporação, 29 das 100 unidades da PM tiveram manifestações por melhores condições de trabalho, pelos pagamentos do 13º e do regime adicional de serviço. O Secretário de Segurança, Roberto Sá, que acompanha a situação dos batalhões diretamente do centro integrado de comando e controle, garante que não há paralisação das atividades da Polícia Militar.