Parcelamento do IPVA para servidores do RJ com salário atrasado é vetado por Pezão

RIO – O projeto de lei que permitiria aos servidores do Estado do Rio com salários atrasados parcelar o IPVA em até dez vezes foi vetado pelo governador. Luiz Fernando Pezão justificou que a lei daria um tratamento diferenciado aos funcionários do Estado. Com o veto, o texto volta à Assembleia Legislativa em até 30 dias úteis. Caso receba, novamente, mais da metade de votos favoráveis, o projeto de lei entra em vigor independentemente da vontade de Pezão.