Organização Mundial de Saúde alerta Brasil para risco de epidemia urbana de febre amarela

Imagem: Agência Brasil

Imagem: Agência Brasil

BRASIL – O estado de São Paulo tem 6 mortes confirmadas em decorrência da febre amarela. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde. Os casos de Batatais e Américo Brasiliense, no interior, são chamados de autóctones, ou seja, originários na própria região. Os outros 4 são infecções que ocorreram em pessoas que voltaram de Minas Gerais contaminadas. A Organização Mundial de Saúde alerta para a volta de uma possível epidemia urbana da doença. Foram notificados até agora 555 casos possíveis da doença, sendo que 442 seguem sob investigação. Dos 107 óbitos suspeitos, 42 foram confirmados como febre amarela. Além de São Paulo, a doença já atingiu Minas, Espírito Santo, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, além de haver suspeitas no Amazonas e Pará.