Lula é indiciado em novo inquérito da operação Zelotes, que investiga compra de medidas provisórias

Foto: Agência Brasil / José Cruz

Foto: Agência Brasil / José Cruz

BRASÍLIA – A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula por corrupção passiva em novo inquérito da operação Zelotes na parte da investigação que trata da suposta compra de Medidas Provisórias. Segundo o site de notícias G1, além de Lula, 12 pessoas foram indiciadas, incluindo os ex-ministros Gilberto Carvalho e Erenice Guerra e os empresários Carlos Alberto de Oliveira Andrade, da empresa Caoa, e Paulo Ferraz, ex-presidente da Mitsubishi. Os indiciados negam as acusações. Com o indiciamento, cabe agora ao Ministério Público avaliar se as provas coletadas no inquérito são suficientes para apresentar denúncia à justiça.