Governo cede e adia votação da Reforma Previdenciária na Comissão Especial da Câmara

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – O governo federal cedeu à pressão dos partidos de oposição na Câmara e aceitou adiar em uma semana a votação da reforma da Previdência na Comissão Especial. Na semana que vem, haverá apenas a discussão sobre o teor do parecer. A votação do relatório ficará para a semana seguinte, a partir do dia 2 de maio. A mudança no calendário, no entanto, não deve afetar o prazo previsto pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para a votação no plenário, que é a partir de 8 de maio.