Garotinho paga fiança necessária para revogação de prisão domiciliar

Foto: Reprodução/William Côrrea/GloboNews

Foto: Reprodução/William Côrrea/GloboNews

 

RIO – O ex-governador do Rio Anthony Garotinho já pagou a fiança de R$ 88 mil, estabelecida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como condição para a revogação de sua prisão domiciliar. A notícia do pagamento foi divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio. Na mesma decisão que anulava a prisão, o TSE estabeleceu uma série de restrições. Os ministros do tribunal proibiram Garotinho de ter contato com testemunhas do processo e determinaram que ele não poderá mudar de endereço e se ausentar da residência na Zona Sul carioca por mais de três dias sem avisar a justiça. O ex-governador do Rio também não poderá retornar, até o final do processo, a Campos, município do Norte fluminense administrado pela mulher dele, Rosinha Garotinho, no qual ele exercia o cargo de secretário de governo. Garotinho foi preso no dia 16 deste mês acusado de ter ampliado o programa social Cheque Cidadão para corromper eleitores.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1