Estoque da vacina contra a febre amarela deve durar apenas até hoje na cidade do Rio

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

RIO – O secretário municipal de Saúde do Rio, Carlos Eduardo de Mattos, vai hoje a Brasília pedir ao Ministério da Saúde o envio de mais doses da vacina contra a febre amarela. Duas semanas depois de o governo do estado anunciar que toda a população fluminense será vacinada contra a doença até o fim do ano, não há mais doses na capital para proteger a população. A quantidade de vacina distribuída às 233 unidades que estão fazendo a imunização não deve durar além da tarde de hoje. Durante a manhã de hoje foi divulgado que o governo federal autorizou o repasse de R$ 19.227.422,73 para a intensificação das ações de vacinação contra a febre amarela. Há 144 mortes confirmadas da doença no país. A verba autorizada pelo Ministério da Saúde é destinada a municípios do Rio e também Bahia, Minas, Espírito Santo e São Paulo. Na lista divulgada no Diário Oficial da União desta quinta-feira aparecem 41 cidades fluminenses. Ontem foi divulgado que não havia mais doses da vacina na capital para proteger a população. De acordo com as autoridades municipais do Rio, a atual quantidade de vacina distribuída às 233 unidades que estão fazendo a imunização não deve durar além da tarde de hoje.