Estado Islâmico assume ataque a tiros na Avenida Champs-Elysées, em Paris

champs-elysees2

PARIS – O Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque a tiros que terminou com a morte de um policial e do atirador e que deixou dois agentes feridos na famosa Avenida Champs-Elysées, em Paris. De acordo com a agência de propaganda do grupo extermista, o atirador seria um belga chamado Abu Yosuf e teria cúmplices guerreiros do Estado Islâmico. Segundo as autoridades francesas, o suspeito era conhecido e vigiado pela polícia por tendências extremistas. O presidente François Hollande disse estar convencido de que o caso se trata realmente de terrorismo.