Eduardo Cunha é condenado a 15 anos e quatro meses de prisão

Foto: Ex- presidente da Câmara Eduardo Cunha. Agência Brasil

Foto: Ex- presidente da Câmara Eduardo Cunha. Agência Brasil

CURITIBA – O ex-deputado Eduardo Cunha foi condenado a 15 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A decisão foi tomada pelo juiz federal Sérgio Moro, que é responsável pelos processos da operação Lava-Jato na primeira instância. O ex-presidente da Câmara foi preso em outubro do ano passado e está detido desde então na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. A decisão de Moro faz parte do processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. Essa é a primeira condenação de Eduardo Cunha. A defesa do deputado cassado informou que vai recorrer ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre (RS).